Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Crónicas da Vítima

As Crónicas da Vítima

Estou tão cansado

08.10.16 | Bruno
Às vezes, não faz grande sentido parar e ficar a pensar no passado. Às vezes, é inevitável. Em tempos de tristeza, a ideia que nos ficou do passado é que é aí que residem os tempos felizes: tão pobres de espírito estamos, para procurar outros tempos felizes no presente.

Estou cansado de ver gente morrer e ser substituída por memórias. Estou cansado de viver com um vazio, com o vazio deixado por alguém que partiu e sobram memórias, casas onde, em tempos, se viveram tempos tão felizes e, agora, são o mausoléu de memórias agridoces, onde paira o pó no ar.

Estou tão cansado.

2 comentários

Comentar post