Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Crónicas da Vítima

As Crónicas da Vítima

"Não És Tu, Sou Eu!"

26.02.22 | Bruno

 

 Mentiria, se dissesse que a frase que compõe o título deste texto é como me sinto.

Não, não sou eu, és tu: tu e esse bloquear e desbloquear constante; tu e essa tua mania de que és um bandidolas, quando, na verdade, apenas tens estilo; és tu e as tuas próprias inseguranças, quando tenho já as minhas com que lidar; és tu, que não sabes o queres, nem respeitas quem te dá o que queres.

Mas não posso ser injusto: eu também tenho uma certa culpa; eu também exijo um pouco, que muitos acham demais, também cometo o erro de desabafar com quem não presta, quem mete veneno em tudo o que faz, destruindo tudo aquilo em que toca; cometia o erro de dar aos outros de mim, mesmo que isso me destruísse.

Depois de bloquear-te, quando me bloqueaste no Messenger, recebi aquela mensagem estúpida de uma aplicação de encontros, de que espreitaste o meu perfil, o que me levou a tomar a decisão que deixava pendente uma e outra vez.

Sinceramente, muitos gajos de certos universos achariam que estou a cometer um erro ao descartar alguém como tu. Contudo, para mim seria um erro descartar-me, para dar a outros aquilo que (não sabem que) querem e para continuar a usar-me como um fantoche. É, para mim, muito mais importante perder quem quer que seja, do que perder-me ou o respeito próprio que tanto me custou a conquistar. Sim, sei que, muito provavelmente, é como aquela frase que partilhei há algumas publicações atrás, mas sei que, se calhar, acabo também por bloquear-te novamente nas redes sociais pela qual me contactavas. Sempre "fui do mundo", sem prender-me a alguém e raros são os momentos em que me sinto só. 

Como disse, o título não representa o meu pensamento ou sentimento sobre toda esta situação: não, não sou eu, és tu. Tu e toda a tua forma de lidares (ou não lidares) com esta situação. É também aquilo que (não) estou disposto a aceitar, seja de ti ou de qualquer outro.

4 comentários

Comentar post