Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Crónicas da Vítima

As Crónicas da Vítima

Nasci sozinho, morrerei sozinho!

14.11.21 | Bruno

Poderia escrever-te. Escrever sobre ti e sobre o teu olhar, sobre o teu corpo, que tenho vindo a conhecer de cor.

Poderia escrever sobre o facto de ter decidido pôr um ponto final nesta história sem história. Bem como o ponto final colocado sobre outros amantes.

Poderia escrever sobre muita coisa, mas basta-me colocar aqui a paz que sinto por, ao não obteres resposta à tua última mensagem, teres decidido bloquear-me no Facebook. Bloqueei-te de volta. Após isso, bloqueei-te no Instagram e utilizei a opção de bloquear possíveis futuras contas que possas vir a criar. Não tenho idade, nem paciência e muito menos vontade de andar nestes joguinhos. Mentalmente, havia decidido que faria isto, caso te decidisses a fazê-lo novamente e, sinceramente, não pretendo voltar atrás com a decisão tomada.

Poderia escrever sobre sentir tristeza, mágoa. Mas, sinceramente, após pôr um ponto final nestes jogos sexuais que definiam a nossa existência, o que senti foi paz. E após aquele longo e conturbado período da depressão sazonal, mais forte e duradoura que o habitual, a minha paz vale muito mais do que qualquer tesão.

3 comentários

Comentar post