Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Crónicas da Vítima

As Crónicas da Vítima

Três e meia da manhã

28.03.24 | Bruno | comentar
Às três e meia da manhã, lembrei-me de uma velha música electrónica e decidi ouvi-la. Olha para trás e apercebo-me do tempo que passou, velhos rostos e alguns momentos mais marcantes - evito a negatividade. E sinto saudades. Às três e meia da manhã, despertei uma (...)

Cinco Anos Sem Ti

03.05.22 | Bruno | ver comentários (1)
Faz cinco anos que o mar da Foz do Lizandro te levou e são muitas as coisas que queria escrever, contudo sinto-me incapaz. Em cinco anos desde a tua morte nas estúpidas circunstâncias que foram, são várias as vezes que me passas no pensamento: quer seja na saudade, na (...)

Devaneios e Lembranças

05.03.22 | Bruno | comentar
É curioso como, quando era adolescente e antes de ter sido atingido à força pela depressão, desenhar ajudava-me a acalmar a alma. Passava horas de volta de papéis, fazia desenhos rápidos, conseguia desenhar minimamente bem e, no fim, sentia-me esgotado como se (...)

Não me interessa o amor!

24.07.21 | Bruno | ver comentários (2)
Não me interessa o amor, quebrar o que chamam de solidão. Não me interessa largar as rédeas do sentimento e deixar que as coisas se descontrolem, como um incêndio no mato. olho para trás e penso em tudo quanto passei, sempre sozinho. Ninguém se propôs a navegar (...)

Saudades

24.01.19 | Bruno | ver comentários (2)
Às vezes, dão-me saudades. Saudades de quem fui, de quem já foi. Saudades de quem morreu (animais incluídos). Saudades dos momentos, dos sonhos, dos sorrisos. Saudades das vozes que enchiam uma sala ou uma rua, que deram lugar ao silêncio. No (...)